terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Já tá difícil...

Ontem à noite comi umas besteiras, compulsão me ganhou. Meu dia hoje foi assim:


Não gostei. Dei duas mordidas.

Entre o café e o almoço, comi uma ameixa. O restaurante que temos no convênio do trabalho não é muito legal, se eu quiser comer de forma saudável, tem que repetir muito todos os dias, às vezes nem dá pra pegar uma carne ou qualquer outra proteína de tão gordas e feias que estão. Quando almoço no shopping, o que é raro, aí é que é uma beleza. Não bebi nada durante o almoço, pra mim é tranquilo. Tomei um chazinho de alecrim com hortelã depois, sem açúcar, sem adoçante. À tarde passei em pé o dia todo trabalhando, quase não tomei água e nem fui ao banheiro. Não temos café à tarde, não achei brechinha pra um lanche, mas no final do expediente tentei comer a barrinha, não gostei, aí comi uma torradinha.  O dia não foi muito legal no trabalho, bem puxado, sei que essa minha decisão de emagrecer apenas começou, cedo demais pra jogar tudo pro alto, mas outros problemas continuam por tempos, aí desanima tudo, vontade de ocultar as coisas e não postar mais, mas não quero desistir e fazer como fiz em outros tempos, quero contar tudo. Cheguei em casa há uma hora, comi duas fatias de pão integral com o queijo branco e peito de peru, o cafezinho coloquei uma colher de sobremesa de açúcar e comi toucinho do céu depois... é.

Quanto aos exercícios, tenho uma simulador de caminhada (comprei final do ano passsado), um jump (comprei faz uns 3 anos), dois pesinhos (tinha na época do vôlei há uns 7 anos) e uma bicicleta (meu vizinho não queria mais e nos deu). Dá pra fazer uns exercícios legais. Ontem e hoje cheguei em casa, quis fazer exercícios e chegou um monte de gente aqui em casa (tem 15 pessoas no total, MEU DEUS!), não quero mesmo ficar ali me exercitando e o pessoal todo me olhando. Se saírem já já, vou lá fazer.

O saldo desses dois dias perto dos outros dias comuns é ótimo. Se eu não tivesse decidido nada, estaria comendo os vários pães pela manhã, comida ruim no almoço, vários pães final de tarde... tô feliz. Só falta mesmo me planejar bem à tarde, porque a fome é grande de noite. Não quero mesmo pensar no lado ruim.

A gente fica querendo ter vários comentários nas primeiras postagens porque dá mesmo uma empolgação saber que temos apoio nitidamente, mas também não quero me preocupar muito com isso, preciso ser aqui como sou fora: não exigir nada de ninguém, e também não exigir muitíssimo de mim, e olha que exijo, hein...

Muito obrigada pelos comentários! :)

Ah, ainda tenho que contar minha saga de emagrecimento, mas por enquanto quero focar no agora que tá sendo feliz e batalhador e deixar pra contar algumas tristezas e frustrações mais depois, mas pra quem quiser ver meu antigo blog, é só clicar aqui Não tem muitos posts, mas tem muuuuuuuuuuitas desistências, muitas histórias e comentários legais, acho que em alguns minutinhos já se lê tudo, eu tava lendo agora, que saudade! Tinha 18 anos na época, um namoro tranquilo e depois conturbado, faculdade + trabalho + problemas + correria, eu realmente fui uma batalhadorazinha gordinha hahahaha, mas cá estou eu, com um outro ótimo namoro já há dois anos, no mesmo trabalho... mas sem mais a faculdade. Mas vamos lá, ao infiniiiito e além! Quero que esse ano e o outro e o outro eu viva e não mais sobreviva!

3 comentários:

Aline Melo disse...

oie... Obrigada pela forca, Pseh, nao e facil, mas temos que encontrar o nosso metodo, cada um tem o seu, quem sabe chegue em casa e coma frutas, deixe elas lavadas e em lugar a vista antes de vc sair de casa, assim quando chegar elas estarao ali olhando p vc...
Beijos e sucesso!!

Adry Rodrigues disse...

oiiiiiiiiii!!!!
aDOREI TUDOO... JÁ TÔ AKI...
BJUUUU

Chá disse...

Oi Mônica! Não desanime não menina, fácil não é, mas é questão de acostumar e logo você vai alcançar seus objetivos!Um beijo e estarei de olho em você, hehehehe!Vamos lá!Beijinhos!