sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Academia

Registrando meu retorno à academia - 12/12/12

Já fiz a "avacalhação" física que consiste nas medidas, na porcentagem de gordura - medindo as dobrinhas, né - peso e altura... mas já tá ótimo. Terceiro dia e eu tô morrendo de dor... morrendo! Segunda-feira começo meu treino personalizado com a instrutora que tem a mesma idade que eu, 22 anos, formada em Ed. Física e que conheço desde pequena.

Bjo!

-

Mônica na academia

Episódio 1: "Avacalhação" física

Instrutora: Agora põe o dedo no ossinho da barriga pra eu medir [a gordura].
Mônica: Que ossinho? Não sinto.

Fim.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Opa!

Só de olhar pra essa nova interface do blog eu já fico com preguiça... hahaha que absurdo!

Eu não vou encher os olhos de vocês de lorotas, me explicando, lamentando.

Então, seguinte:

Semestre da faculdade no fim; entrei no grupo da Dieta Dukan no facebook, quero começar de novo, nem que seja do meu jeito, mas claro, tentando seguir a risca a restrição de carboidrato.

Quero a vida vegetariana, é um desejo de sempre, mas conciliar isso com o meu estado de gordinha não tá dando... A vontade que tenho é diminuir MUITO o carboidrato até o natal e meu aniversário, 15 de janeiro, porque quero passar esses dias feliz, então pretendo retirar todo carboidrato ruim e dar aquela desinchada. E confesso que a partir de amanhã - tirando o cafezão de final de ano da minha turma que teremos hahaha - quero iniciar dando aquela turbinada até dia 8 que será a festa de final de ano da empresa do namorado + pizzaria da turma. Quero estar bem menos gorda.

É claro que eu não vou fazer dieta maluca pra sempre, mas sei que emagreço rápido quando quero tirando o fato de que agora, quase 10 anos depois da minha primeira dieta maluca com remédios, não é qualquer coisa que emagrece... Saudade disso, viu. Mas mesmo assim vou dar uma de maluca essa semana. :) Mas é isso. Já tô começando com jacadas programadas, mas com uma boa intenção e com situações reais.

Vou usar meu simulador de caminhada e a rua pra caminhar, porque o plano de 6 meses da academia foi pro beleléu (VELHA!) um mês depois de eu estar indo direitinho pq passei no vestibular e não consegui exercitar cérebro e corpo juntos... tsc tsc tsc!

É isso, beijosmiiiiiiiiiilllllllll com vontade de ficar bem!

Eu e minha preta de DEZESSEIS anos, acreditem! Gatos, gatos, gatos, amo! Foto tirada ontem e eu com... com... 103kg!


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Academia... do saber.

Tô indo para a Academia todos os dias.
Academia do saber, colega! A acadêmica aqui está longe dos aparelhos e muito, muito próxima dos livros, das resenhas, dos artigos. Isso é bom? Bom é, né! Meu cérebro tá tinindo, agora o corpo... preguiçoso, inchado. Comendo besteira, me afundando de novo. Corpo e mente devem caminhar juntos, quando um não tá bom o outro também não tá, esse casal precisa reatar e ter um bom relacionamento, como estou tendo com os livros!

Arrumei uma amiga pra ir comigo... o cansaço de ler e escrever é constante, mas eu fico tão desanimada por estar comendo mal e não me mexendo, vocês devem saber como é isso... Pensar que eu ainda não consegui me deixa bem triste, acho que é a minha maior tristeza.

Algumas fotos da minha viagem! :)



Mafaldinha

Foto no espelho engana hahaha
Livraria El Ateneo!

Show Dream Theater

sábado, 18 de agosto de 2012

Viagem amanhã!



Esta foto resume minhas semanas... e não tô reclamando! Eu amo! :))) Vou conseguir apenas estudar esse semestre e sempre foi meu sonho apenas estudar! Enquanto eu estava trabalhando, não conseguia fazer mais nada. Eu entrava às 7h da matina e saía depois das 18h, mas após quatro anos trabalhando MUITO consegui chutar tudo, mandar pra puta que ME pariu e agora estou novamente à faculdade! Tô tão feliz que já quero uma bolsa ou estágio, mas pretendo concluir o primeiro semestre bem bonitinho e ano que vem penso nisso. Por estes motivos, tenho certeza que tudo é possível quando a gente resolve não desistir. Parece impossível, mas tô vendo que pode dar tudo certo e está dando.

Quanto ao meu peso, não consegui chegar nem perto da casa dos 80 e poucos pra viagem à Argentina, mas tô feliz e vou aproveitar minha semana lá! Tô com 98kg, pelo menos baixou um pouquinho!

Amanhã embarco pra Buenos Aires novamente e vai ser muito lindo! Bom final de semanas pra quem ainda me lê!


sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Texto do blog De Qualquer Tamanho

 

Antes do post, vou dizer como nada minha vida. E não adianta, não consigo postar com frequencia! hahaha
Pela primeira vez na vida, depois do ensino médio, tô estudando sem precisar trabalhar e isso é ótimo, já que sou a compulsiva por estar cem por cento com todas as leituras, senão fico mal e já quero sair, porque NÃO consigo levar tudo nas coxas, me sinto muito mal.

Acordo às 5h, pego dois ônibus, a aula começa às 7h30, acaba 11h50, chego em casa perto das 14h, como alguma coisa e estudo atéééé a noite. Gosto muito de estudar a Educação e não me importo de ficar o dia todo em cima disso, mas confesso que 15 dias nessa correria, deixaram o corpo e mente cansados, mas não ligo, é só o começo e tô aproveitando essa oportunidade única. Resolver sair de um trabalho que eu estava há 4 anos, infelizes e querer mudar de vida não foi em vão, tá dando certo! Ano que vem vou precisar arrumar um estágio e esse tempo só estudando é valioso!

Quanto à alimentação, nenhuma aberração. Não tô indo pra academia, tô com preguiça mesmo e estudar, no momento, está em primeiro lugar, mas tô pensando em voltar, óbvio, uma pena que não vou estar na casa dos 80 como prometi um mês e pouco atrás, MAS TUDO BEM! Não quero me entristecer, tô feliz. Ainda tô com os meus 95,5kg, mantendo legal, então significa que não tô exagerando em nada não, só uma coisa aqui outra ali mas que não estão somando na balança. Dia 19 vou pra Argentina e se eu estiver uns 5 quilos a menos seria interessante (dazendo uma dieta louquinha e emergencial, é possível)

Mas é isso! O texto abaixo é do Blog De Qualquer Tamanho e foi atualizado hoje. Vale MUITO a pena ler!

Depois de uma conversa no facebook, decidi que falaria sobre sexo. E tudo estava simples e claro na minha cabeça e então tudo se embaralhou e só desembaralhou de vez depois de ver essa foto ai acima.
Acho que o bom sexo tem muito a ver com isso, com amar e entender o seu corpo (e esse é o único tipo de amor que eu acho essencial existir para um sexo bem do gostoso: o seu para consigo). 
Foi difícil amar o meu corpo. Porque somos bombardeadas o tempo inteiro com mensagens nos dizendo que ele não é bom o bastante. Você precisa perder barriga. E ter coxas grossas. E seios fartos. E uma bunda firme. Uma ubber fêmea crumbiana.
Ou então deveria ser magra e delicada, uma dama. Fina, esbelta, nínfica. Como as modelos nas revistas, longilíneas. E tudo isso parece tão distante, tão impossível. Como eu poderia amar o que eu tenho se o tempo todo me dizem que o que eu tenho não é bonito?
Muito magra, muito gorda, muito musculosa, muito alta, muito baixa, muito feminina (sua fresca!), muito masculina (sua caminhoneira!), muito esperta, muito burra. Tantas mensagens contraditórias que só geram angustia e nenhuma certeza.
Se era complicado amar e entender o meu corpo, mais complicado ainda foi entender que existiam pessoas que gostavam do que viam em mim. E demorou para que eu compreendesse que a dobrinha nas costas era um charme e que nem todo mundo se importava com uma barriga firme e lisinha. Alguém gostava dos meus seios não tão empinados e achava que aquela gordurinha atrás dos joelhos, que só as pernas roliças têm, são mordíveis. Aliás, acho que foi isso, me disseram que eu era ~mordível~, e foi então que eu olhei no espelho e quis me comer. Pronto, acho que foi ai, nesse momento, que comecei a me amar.

E passei a olhar diferente para o meu corpo, e para o corpo de outras garotas e achar aquilo tudo muito bonito. Que delícia de barriga, que macio. Quando você se deseja e se conhece e se aceita, o sexo toma outra proporção. Nada é mais tesudo do que uma pessoa que se sabe, que entende os seus desejos e vontades. E isso cabe pra muita coisa, não só para a aceitação da forma do seu corpo.
No fim das contas, somos muito além dos nossos corpos e as pessoas não te desejam apenas pelo seu tipo físico (Nota: às vezes as pessoas se interessam sim apenas pelo tipo físico e acho que se isso está claro para os dois lados, não é exatamente um problema). Você é incrível e interessante por uma soma de diversos fatores.
Aproveite das possibilidades que seu corpo te oferece. Não se envergonhe dele, ele é seu, só seu e você pode fazer o que quiser com ele. Divirta-se.

terça-feira, 17 de julho de 2012

A quem interessar possa...


... tô aqui! Fiz definitiva hoje no meu cabelo VIRGEM de química e tinta! Será que fiz meeeeeeeeeeerda?! Fui tirar a sobrancelha e acho que fiz uma falha ali. Será que fiz meeeeeerda também? Cabelo e sobrancelha, duas coisas que amo em mim, tomara que dê tudo certo! :( Só o tempo pra dizer, só o tempo, minhas amigas! Falando em tempo, brancos aparecem nos meus 22 anos já, daqui a pouco vou ter que retocar com tonalizante =/  Sobre a definitiva: sempre amei meu cabelo ondulado, era minha paixão, mas ele ficava armado muitas vezes, fora que tenho cabelinhos novos sempre, tava irritando! Se ele fosse sem frizz e pelo menos sem a parte da frente ondulada, pronto! Perfeito, só isso! Se o cabelo tava meio ruim no dia eu ficava mal humorada e como agora vou ter que acordar 5h da matina todos os dias, quis facilitar minha vida! Dura uns meses, qualquer coisa deixou voltar ao normal e vejo outra alternativa. Quinta acho que vou acertar o corte, quero deixar ele compridão ainda, óbvio, mas quero fazer um repicado BEM sutil, talvez com uma franja abaixo do queixo pra usar algumas vezes, o que vocês acham?


Sabe, acho meu blog chato, não tenho muita facilidade em arrumar assuntos, em falar qualquer coisa, em ser engraçada escrevendo textos - sou mais quando é de forma espontânea: no facebook, no twitter, na vida real - mas esse blog me faz bem mesmo sem tantas atualizações e visitas. Aqui fica registrado as principais etapas da minha luta contra a obesidade: fracassos e vitórias. Sempre tentei levar a sério diários e agendas legais que eu comprava e nunca consegui, eles ficavam sempre em branco. E claro, como percebem, emagreci sim 5 / 6kg, o que é ÓTIMO, porém não tá de forma contínua, dou umas deslizadas legais, mas que jamais serão eternas, ainda continou com algum foco, sem pensar em desistir, porque se desisto totalmente, começo a ficar depressiva e só eu sei o que isso pode fazer comigo! Então, sem muito assunto e vitórias, que é o que a gente mais gosta de ler, né? Vejo por mim, adoro ler os blogs das meninas que SEMPRE tem uma novidade nessa luta! Mas eu ainda vou ter, enquanto isso, leio vocês e procuro forças sempre!

Passei duas semanas comendo como uma grávida de quintuplos! E matando a academia! Não ficava comendo o dia inteiro, mas perdi o controle nas refeições que eu tinha muito controle, entendem? A vontade de comer doce também surgiu! E assim fiquei em toda a TPM. Minha menstrução atrasou 14 dias e nesse tempo todo fiquei assim sem controle, fora que tô numa correria danana. Fiquei uma semana inteira atrás de documentos pra autenticar pra fazer a matrícula pra faculdade - pra quem não sabe, passei em pedagogia na UDESC (Universidade Estadual de Santa Catarina) - finalmente fiz a matrícula, achei que as aulas começariam dia 23 de agosto, mas é dia 23 de julho, segunda que vem! Ah, o meu peso, mesmo depois de duas semanas matando a academia e comendo doces e outras coisas, ficou entre 99,5kg e 99,7kg! Vai entender? Acho que meu metabolismo acelerou. Agora devo estar com o cenzinho lindo que odeio, mas já já saio deles, me aguardem!

Bom, tô numa pilha! Aula vai começar semana que vem, trabalhos pra apresentar, o que me deixa em pânico, mas tô muito positiva e não quero desistir de mais uma coisa na minha vida.

E agora tenho que ficar sem suar até quinta pra cauterizar o cabelo e acertar meu corte, daí depois academia na certa de novo! ODEIO DIAS VERMELHOS! Mas já já vou dar um jeito de ficar sem esses dias que sempre foram insuportáveis pra mim, menstruo desde os 9, então, imaginem!

Que postagem desconexa! Mas isso significa que eu tô viva! E pra ficar mais desconexa, mais uma: AQUI NO SUL TÁ MUUUUUUUUUUUUUITO FRIO! :((((((

Bjo!

[Update] Me pesei agora à noite [hora que eu fico mais pesada!] e tô com 99,3kg, ou seja, praticamente o mesmo peso depois de duas semanas comendo bastante, matando a academia [aliás, já tá na terceira semana], não tô conseguindo entender por que não engordei. Metabolismo gente boa ou o que? Mesma coisa que acontecia comigo quando tava com 93kg, não aumentava muito e nem diminuia. Agora que tô feliz com isso, correr atrás pra baixar de vez!! =)))))

sábado, 7 de julho de 2012

AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH!

Ainda na TPM e descontrolada com a comida! Puta que pariu Minha TPM é um inferno, vocês não fazem ideia!

Mas minha semana vai começar diferente porque não é possível!

Tô assim ó:

 
Sou fissurada em gatos, VICIADA.
E acho que em comida, mas vamos lá, ainda não desisti. E não vou.

terça-feira, 3 de julho de 2012

TPM e um desabafo sincero.

Quem ler esse post, veja o de ontem, muito mais interessante. Esse de agora é só como desabafo.

Amanhã é dia de pesagem, mas tô pensando em mudar o dia oficial pra sexta. Amanhã ainda vou me pesar, claro, afinal, completará um mês de dieta. Mas me pergunto: que dieta?

Realmente, tudo que escrevi ontem é verdade, mudei bastante, mas não tenho um cardápio que sigo  tampouco estou cem por cento na linha, por isso não vou chegar aos 10 quilos eliminados em 30 dias... e quem disse que é realmente necessário eliminar 10 quilos em 30 dias? Ninguém. Mas seria possível no meu caso. Dei umas escapadinhas, assim como escrevi ontem no post, mas todas conscientes e algumas calorias queimadas com exercícios. Antes elas ficavam dentro de mim e só. Muito mais pontos positivos e nagativos. Grande problema é que se a gente melhora em um lado, acha que tem direito de piorar no outro. Em nenhum momento pensei: "vou comer isso, afinal, vou queimar na academia" Não! Pelo menos não consciente, talvez a minha mente tenha pensado, balbuciado, mas juto que não ouvi! Mas não, não fiquei pensando nisso, afinal de contas, caminhar, caminhar, caminhar, pedalar, pedalar, pedalar, apesar de ser prazeroso em alguns momentos, não é em todos, então se quebrar em SESSENTA minutos pra queimar o que comi em UM minuto, não faz muito sentido.

Eu tô na TPM, me sinto inflando, além de dona de uma ansiedade, compulsão e fome que SÃO minhas. Tô meio chorona, triste, depressiva, BEM menos que no mês passado, mas tô. Geralmente engordo até 3 quilos na TPM por causa da retenção de líquidos, por enquanto isso não rolou aqui e talvez nem role, mas os outros sintomas existem. Acabei de comer bolachinha salgada com Qualy (sim, aquela bem gorda), café, e a gente vai comendo e sabendo que não devia daquela forma. Mas meu dia foi tranquilo: iogurte, omelete + salada, nada comparado ao mês passado, mas AINDA não é atitude pra quem quer emagrecer, enfatizo novamente isso. Vocês me entendem? Fora todo o sentimento de ainda se sentir fora do controle e fraca perante uma comida.

Vou confessar que me sinto triste, sim... e bem triste! Estava indo maravilhosamente bem! Cheguei aos 97,5 na quinta e sexta depois da pesagem de quarta passada e agora vai tudo aumentando e estacionando. A vontade que dá é de parar com tudo, porque a gente chega até a desanimar na academia e não se esforçar, não caminhar mais rápido e concentrada, prestando atenção em cada movimento, porque assim parece que a gente gasta mais (e gasta mesmo!). Criamos expectativa. Sentimos que parece um recomeço difícil, mas não é recomeço, é só uma pedrinha que a gente tropeçou e pronto, continua, continua, nada aconteceu!

Cadê a Mônica focada? Cadê a Mônica que perdeu um peso legal e não aumentou, como estava acontecendo antes? Está aqui. Devemos além de nos amar, nos respeitar. Temos o nosso tempo, temos nossa TPM, não vou desistir, ainda não senti o gostinho da vitória, seria muito triste voltar pro fundo do poço sem sentir a felicidade plena.

Eu quero mais e eu vou conseguir!

ps.: amanhã vou atualizar o peso na coluna ao lado.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

O que mudou até agora.

Muito cedo pra dizer que tudo mudou permanentemente. Ainda não sou exemplo, talvez seja apenas pra um seleto grupo de pessoas que ainda não apertaram o "start" e só. Também não me tornei "acima do peso", muito menos normal ou magra, ainda sou obesa. Não cuido da alimentação religiosamente todos os dias do mês (e quem cuida nessa blogosfera light?), mas algumas coisas mudaram desde o dia 5 de junho.

- Como menos (com certeza!);
- Terminei com a preguiça e engatei um relacionamento com o exercício físico desde o dia 19 de junho;
- ... E como se exercitar é mais difícil que comer, muitas vezes lembrar que posso ganhar em 1 minuto o que perdi na esteira durante 60 minutos, me ajuda a não comer alguma besteira!
- Não tenho mais fomes monstras, tirando alguns momentos de muita ansiedade ou de TPM que por sinal me encontro AGORA;
- Durmo bem. Não tô tendo mais aquelas crises de falta de ar e medo, muito medo da minha casa ser assaltada (vocês não fazem ideia como eu tava...). Não sei o motivo, mas acho que é pq tô tendo pensamentos bons e ocupando a mente;
- Não como mais chocolate todos os finais de semana. Se como, mordo um pedaço, mas não vou além disso;
- Não bebo mais refrigerante comum, tomei uns goles de fanta comum esse final de semana, mas só. Consigo evitar e dizer não. Uma vez abandonei cem por cento por um ano, mas desencanei dessa de CEM POR CENTO em tudo.
- Consigo pegar só um pedaço ou nenhum pedaço de coisas gostosas, não ando precisando de vários pedaços pra me satisfazer;
- Sem fome pra cachorro-quente, lanches...
- Muita dor de barriga, estômago e mal-estar quando como alguma coisa fora da dieta. Isso mudou também. Fiquei mal por causa de uma farofa que comi, por exemplo hahahahuahuhaua;
- Conseguindo controlar a ex-gula por pães. Nem integral tô comendo. Que coisa;
- Não sinto mais dores nas pernas, coluna, pés, cabeça. Enquanto caminho, os pés também pararam de doer!

Resumindo, tô mais feliz mesmo estando apenas no começo do começo do começo. Tinha esquecido como era o meu corpo com seus 100 - 105 quilos e, depois de cinco anos, provei novamente e vi o quanto eu me afundo estando dessa forma. Quero continuar baixando cada vez mais, porque agora com 98 tô muito mais feliz e com 93, minha próxima meta, vou estar MUITO mais e falta pouco.

Antes, cinco quilos pareciam toneladas de quilos pra perderr, realmente é mais difícil perder do que ganhar, mas pareciam toneladas e toneladas e em vez de perder essas "toneladas", eu ia ganhando mais e mais de tanta ansiedade e tristeza que eu sentia. Esses dois sentimentos eram maiores do que a vontade de me sentir bem, então nunca que eu conseguiria mudar.

Tenho muito a fazer: ainda tenho uma compulsão alimentar, me controlo mais só que ainda como o que não devo e mais do que devo, e quem precisa perder peso como eu, deve se privar de algumas coisas e não comer como se estivesse em manutenção. Então, muitas vezes emagreço apenas algumas gramas, sendo que poderia ter emagrecido mais... pelo menos nesse mês, sempre perdi alguma coisa a cada semana, mas com certeza tem coisinhas que fizeram a diferença e pesaram na balança, ENTÃO, precisa FOCAR. Essa é a palavra chave na academia, na alimentação, em tudo, percebi que quando eu foco e esqueço todos os outros sentimentos, acontecimentos e objetos ao redor, aquele momento em que eu DEVO fazer aquilo de NÃO comer e se EXERCITAR, acontece e passa! O que tenho que fazer, faço e passa, se for pra pensar em alguma coisa, que eu pense depois, mas o que eu tinha que fazer eu fiz e muitas vezes o pensamento ruim nem volta!

Quarta é dia da pesagem, comi algumas coisas que não deveria novamente no final de semana, mas tô feliz e lutando a cada dia!

29/06/12

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Pesagem + Surpresa!

E eu que achava que ia estar mais gostosa (eu ia escrever GORDA, escrevi GOSTOSA, nem vou apagar porque ficou engraçado! hahahahaha) por causa da sexta, do sábado e do domingo, mas não! Devo este novo peso, à segunda e terça que dei prioridade às proteínas (consegui!) e também à academia que mesmo doente, NÃO faltei!

Depois de três semanas... novo peso: 98,7kg! 

Ali na coluna direita do blog tô atualizando o peso toda semana, aí dá pra ver o quanto perdi até agora!


Cardápio:

Segunda-feira:

CDM: ovo mexido
Almoço: carne, alface, tomate, brócolis + coca zero
Tarde: comi pão integral, margarina e café com a família final de tarde. Eu tava feliz, logo abaixo eu conto pra vocês.
Jantar: ovinhos de codorna (tem que ficar ligada nisso, porque acho que tem bem mais colesteral que ovo de galinha, né?)

Terça-feira:

CDM: ovo mexido de novo. Tentei tomar o café com adoçante, mas não entra mais.
Almoço: bife grelhado com brócolis, alface, tomate, azeitona + coca zero
Tarde: uma fatia fina de queijo light + uma fatia de presunto magro
Noite: bife grelhado + brócolis picadinho

Ontem fiz uma desafio. Comecei a fazer esteira na academia no 5.5 e resolvi não saber o tempo e parar quando cansar, mas claro, sem abusar. Fiz 1 hora e 10 minutos, parei porque tava sentindo um calo enorme estourando no meu pé, mas eu não tava NADA cansada, ou seja, tenho que alternar com a bicicleta já que nela eu suo um monte no programa que "desço e subo" morros hahahaha

Tá bom, agora chegou a GRANDE surpresa! Passei no vestibular pra Pedagogia da UDESC! Fiz a prova no início do mês e o resultado saiu segunda-feira. Eu tô bem nervosa e ansiosa, porque eu desisti de tudo que comecei até hoje justamente pela ansiedade e o medo de falar em público, apresentar trabalho e um grau bem grande de déficit de atenção... algo realmente sério, mas espero que minha vontade e objetivo nobres de lutar contra o bullying ou trabalhar com crianças especiais, enfim, consigam ser maior que isso. E o emagrecimento no meu caso tem muito a ver também, agora sim vou levar a sério, porque sei o quanto me sentir mal com o corpo prejudica absolutamente tudo na minha vida. Então é isso, acabou as "férias", mas acho que pela primeira vez na vida vou conseguir, pelo menos, estudar UM semestre sem trabalhar, pro negócio deslanchar e eu me concentrar nisso. Todas as vezes que estudei, comecei um curso superior, eu trabalhava bastante. Agora o negócio vai e o melhor, né: faculdade pública, não paga nada. Aeeeeee!

Mas é isso, tô bem feliz e acho que tô encontrando o foco. O negócio tá ficando cada vez menos embaçado!

bjobjobjo!

Ah, preciso de uma ajuda! Eu tô com um CALÃO enorme atrás do pé! Tentei colocar bandaid e algodão, mas fui pra esteira na academia e consegui caminhar só 15 minutos, tava doendo muito! Aí fui pra bicicleta e fiz uma hora. Pedalar não dói ali. Quando esses calos aparecem, o que vocês fazem? É que eu há muuuito tempo, quando eu me exercitava e acontecia uma dessas eu morcegava mesmo nos aparelhos, aproveitava pra desanimar, fazer tudo devagar, aquela matança toda, mas não tô afim de fazer isso, só que quero continuar perdendo peso e também não quero forçar porque pode demorar a sarar. O que vocês fazem?

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Procurando o foco!

Tô que nem o novo programa da Fátima Bernardes: sem foco. Ela é linda, um doce e o programa tá realmente muito bonito e simpático, mas tá parecendo eu, cheio de vontades, ideias, assuntos, estilos, mas sem foco! hahaha

E 3/30? Por que eu invento essas coisas como motivação? Lendo minhas postagens dá até vontade de rir. Em vez de eu guardar essas euforias, não... eu posto! Bonito demais! Aí não cumpro! Quero nem ler as minhas antigas postagens, tem só vontades e promessas... vi que comecei esse blog dia 12 de janeiro, de lá pra cá 5 meses se passaram, acredita? Mas vamos teorizar essa falta de motivação porque só detalhando e escrevendo a gente percebe o que fez, né!

O que não deu certo essa semana:

1. Bolo na sexta, no sábado e no domingo. Isso mesmo. Sexta o bolinho lá que a minha mãe trouxe da festinha; sábado, o bolo que a minha mãe fez; domingo, ainda o bolo que a minha fez. Ansiedade, compulsão, foco desfocado.

2. Almoço de domingo. Fazia semanas que eu não comia macarrão, farofa e... comi.

3. Passando seis horas ou mais sem comer à tarde porque não tenho fome... mas isso não pode acontecer.

4. Fome à noite. Dando umas escapadinhas e beliscando esse horário. Aquele maldito remédio tava controlando minha compulsão, mas não vou voltar pra ele nem a pau.

5. Não tô cozinhando como deveria e acabo comendo um pão integral e um presunto no almoço. Onde já se viu isso?!

O que deu certo (pq se esse lado existe, ele precisa ser valorizado!):

1. Academia todos os dias, suando bastante. E quem disse que eu conseguiria? Se eu desistir da academia porque ando desanimada por não conseguir acertar cem por cento a alimentação correta, vou acabar desistindo de tudo, então academia firme e forte!

2. Ainda como o que não deveria, mas tô comendo bem menos.

3. O gosto do refrigerante normal não tá me agradando mais. 

4. Vontade de comer um doce depois do almoço e do jantar foi embora!

5. Sono melhorou MUITO! Sem falta de ar, consigo dormir mais rápido sem ficar enrolando além de estar com mais disposição pra tudo!

(Preciso desempatar e ganhar isso aí!)

Conclusão:  

Escapadinhas prejudicam sua perda de peso.


Claro que não me controlei e acabei me pesando. E como pesam essas escapadinhas, viu. Tô na TPM, inchaço chegando, mas não vou culpá-lo agora, porque tenho certeza que ele ainda não é o culpado. Mas quarta-feira é o dia oficial da minha pesagem e até lá tudo pode acontecer.


Pensamentos ruins também prejudicam a nossa dieta. Vontade de desistir da academia e de tudo mais, como eu sempre fiz, só que eu sei que desistindo de tudo, volto pra estaca zero e não posso perder o pique. Não vou me dar por vencida.  Prefiro continuar procurando o foco, ver esse lado negativo como positivo, porque AINDA tô ganhando essa partida e não perdendo. E daqui a pouco vou pra academia!


Boa semana pra gente! >**********

Já postei algumas fotos de quando eu fui pra Argentina e tava com 89kg (tava com 95kg, emagreci 6kg pra ir me sentindo melhor), mas vou postar de novo pra me motivar :D 





 











Chega, né! VAMO LÁ MÔNICA! FOCO FOCO FOCO! TU CONSEGUES!

sábado, 23 de junho de 2012

2/30

Acordei com muita dor de garganta, bem fanha e griBada! Fiz faxina ontem, muita água, água, água, produto de limpeza, água e ainda peguei uma chuvarada na volta da academia... mas adivinha o que eu fiz hoje de manhã? Fui pra academia de novo! Mesmo doente, me senti melhor, muito mais motivada, não me canso mais! De início até pedalar me cansava e entediava nos 3 primeiros minutos, agora tá tudo muito gostoso. Suar é muito bom! Alguma preguiça ainda continua, ansiedade também, mas quero muito passar por cima de tudo isso e vou continuar indo, mesmo se o peso estabilizar, não posso desanimar.

Meu 1/30 e 2/30 (hoje), não foram dos melhores 100%. Cadê o foco, né, dona Mônica? Sempre caio no "vou resolver o que como na hora" e não é bem por aí, mesmo praticando atividade física, temos que manter uma dieta constante, pelo menos nos 20 primeiros dias, senão o peso vai estabilizar mesmo, capaz até de aumentar. É preciso programar BEM pelo menos as refeições principais, o que vocês acham? Tipo, programar, no mínimo as opções e ter pelo menos em mente o que NÃO se deve comer. Fazer tudo cem por cento certinho dá tanta neura que não dá certo, mas deixar tudo largado também não é legal. A verdade é que Atkins e Dukan me seduzem muito huahuahauhauhua tenho o livro e vou adaptando como posso.

Comi pedaço de bolo de chocolate ontem, até mini pão de queijo!  E hoje pedaço de bolo de novo (aliás, tá me dando azia comer besteira)! Antes da academia foi um iogurte com aveia. Ao meio-dia, em vez do strogonoff da família, separei a carne antes que misturassem com creme de leite, molho etc. Não comi arroz, mas comi com abobrinha que tava maravilhosa! E é isso, né... controlar a alimentação agora no restante do dia. Me pesei hoje e tô com o mesmo peso de quarta-feira. Controla, Mônica, controla... para de comer essas besteiras aleatórias e vá se pesar só na quarta!

Ah, ontem minha irmã encontrou uma gatinha abandonada em um mato que tem do outro lado da minha rua. Toda molhada, com frio, pegando aquela chuva horrorosa! Que dó! :( e o melhor é que ela pode pegar e cuidar no apartamento dela! Ela tava querendo mesmo um animalzinho. É a segunda vez que em um dia de chuva um gatinho aparece em nossas vidas. Então, mais uma gatinha pra família! Diante da doença do meu cachorro, essa notícia me fez bem. Imagina se ela continuasse lá pegando aquela chuva? Gosto nem de pensar.


Tô aqui na minha irmã cuidando dessa coisinha linda e enquanto eu não compro outro impressora, aproveito pra digitar e imprimir aqui os exercícios que pretendo fazer. A hora que eu me cansar deles e quiser mais, juro que falo com o instrutor da academia, por enquanto tenho vergonha. Que guria difícil, né, pqp.

Bjo!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

1/30

Vou fazer o 1/30 que parece ser motivador! Depois o 30/60 hhahah Daqui 59 dias vou junto com o meu namorado pra Buenos Aires ver o show do Dream Theater e passear. Quero estar na casa dos 80, porque a última vez que fui, em 2010, pulei do 95 pro 89 só pra viajar :) Vou ficar só 4 dias, vou nas férias do meu namorado, ele vai aproveitar os outros dias pra fazer umas cirurgias que tem que fazer, então não vai dar de ficar mais tempo, o que é uma pena, aquele lugar é muito bonito, clichê, mas bonito, nem ligo!

Tenho passado por dias difíceis. Problemas familiares e ainda meu cachorro está com sarna demodécica (ou sarna negra). Ela é uma sarna hereditária, mais cedo ou mais tarde iria se manifestar. Não tem cura, mas tratando ela estabiliza. Ele coça, se morde, então sai sangue, surgem feridas. Ele é um pequinês com personalidade muito difícil e só eu dou os comprimidos, remédios e etc. Ainda assim é muito difícil... ele tá mais irritado que antes, rosna, late, morde. Eu fico mal e estressa mesmo, quero que termine logo. Faz quase dois meses que terminei um tratamento com a minha gata também, ela tava com uma bolinha na boca que precisava ser retirada, e ainda com problemas no fígado. Ela já tem 15 anos, mas é uma coisa preta linda e saudável, tem todos os dentes e é o amor da minha vida essa senhorinha.

Tomei iogurte com aveia agora e tô indo pra academia... ainda preciso fazer a parte II da faxina hoje e a chuva cai forte que é uma beleza.

Quando eu voltar, vou visitar todo mundo! 

Força pra gente, obrigada por tudo e vamos cuidar desse final de semana, né?

Bjo!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Pesagem e Academia!

Acho que o texto vai ser longo, mas é só hoje, porque entrei na academia finalmente e quero contar minha saga!

Ó, sibutramina já era! Ontem já não tomei, consegui dormir melhor, mas fiquei enjoada o dia todo, quis vomitar e tudo! Hoje tô melhor que ontem e não quero mais ver nenhum tipo de cápsula na minha frente!

Ontem comecei academia. É, comecei! Tava lutando contra a minha falta de vontade, preguiça, vergonha, ansiedade de imaginar que a mudança é aos poucos, que tudo acontece "um dia após o outro" e isso me fez empacar, porém ter forças pra ir! Eu tava meio triste por causa de umas coisas que andaram acontecendo e resolvi não alimentar e engordar essa tristeza, deu um estalo e eu fui assim que tive esses bons pensamentos, senão era capaz de desistir, né?

Coloquei a roupa e fui. Tinha visto no facebook antes uma promoção e aproveitei ela, já que acabava dia 30. Paguei 250,00 para 6 meses e achei uma boa. Daria 41,00 reais por mês, faria academia e não precisaria mais pensar em pagá-la até dezembro! E a mensalidade normal é 70,00. Tinha feito lá uma vez, a academia tá super legal, maior que antes e com muito mais aparelhos! É do Ricardo Nort, um daquele homens mais fortes do mundo, sabem? Procurem no Youtube, ele até participou daquele programa Super Humanos, do History Channel! Mas, então, vou fazer forças pra ir e não desistir NUNCA, seria muito fracasso fazer essa loucura de me comprometer 6 meses e não ir...

Subi na esteira, coloquei uma musiquinha e comecei, mas logo depois comecei a conversar com uma moça super simpática que estava fazendo esteira do meu lado. Conversar e se exercitar cansa, né? Mas conversei e fiz 6km em uma hora facinho, facinho, faria muito mais. O mais legal disso tudo, é que essa moça era viciada em remédios pra emagrecer, tomou por 19 anos a vida toda e agora tem 43. Há 6 anos foi internada por causa disso, casamento acabou e outros problemas surgiram e ela me disse: "vem pra academia, faça, persista, não tem mistério pra emagrecer e ter saúde, a gente procura em todos lugares, mas definitivamente NÃO existe. Nunca vicie nos remédios, eu perdi esse tempo todo da minha vida e o que os remédios me trouxeram de bom? Nada. Aliás, só coisa ruim."

Ui, pareceu até um sinal. :P

Quando terminei a esteira, meu pé tava doendo demais embaixo. Não sei se exagerei, só sei que meu pé é chato e ele é estranho mesmo pra essas coisas, uma hora se acostuma. Fiz 10 min de bicicleta e tava doendo muito, tive que parar. Mas fui fazer a tal plataforma vibratória. Todo mundo adora, ama e idolatra aquilo. É simplesmente ficar em pé e pronto, não tem mistério, mas eu fico enjoada naquilo e me sentindo meio estranha hahaha e eu tava com medo de fazer porque quando eu fiz academia uma vez, assim que terminei de fazer ela, o meu pé começou a doer demais embaixo e eu simplesmente não consegui andar! Ok, tava saindo e a dona/instrutora: "é uma delícia de fazer essa plataforma, né?" e eu com aquela cara de "socorro!" ahuahuah comentei com ela sobre a dor que ela me faz sentir, ela achou estranho. Mas ok, meu pé tava meio doendo, mas achei que fosse uma dor normal. Entrei no restaurante que tem em um supermercado ao lado da academia pra almoçar alguma coisa, peguei um cozido de brócolis, cenoura, chuchu que tinha ali e uns cubinhos de frango... eu tava enjoada e ruim por causa da sibutramina ainda. Sentei e comi UM cubo de frango e UMA rodela de cenoura, um pedacinho de chuchu e não consegui mais! Mas quando me levantei pra entrar no supermercado pra comprar umas coisinhas...

GENTE! Entrei e não conseguia mais pisar no chão, vocês não imaginam a dor, parece que fazia tatuagem na sola do pé, agulhadas, horrível. Como se todos os nervos resolvessem se atrofiar! Sabe aquela dor nos ombros que a gente tem, que às vezes de tão tensa que tá aquela parte, fica parecendo que tem até uma bola? E quando aperta dói? Meu pé inteiro embaixo ficou assim. Mas fiz o carão, como se não tivesse doendo, saí pela outra porta do supermercado e sentei nas mesas da praça de alimentação de novo! hahahahahaha que trágico! E não melhorava, não adiantava, minha irmã teve que me buscar, olha só!

Cheguei em casa, a dor continuou, mas deu pra pisar no chão depois. Fiquei preocupada de hoje estar daquele jeito ainda e ter que matar academia no segundo dia! Tá doendo ainda, mas vou mesmo que seja pra fazer mais leve, não vou deixar de ir NEM A PAU!


Agora quero montar direitinho um circuito legal pra fazer todos os dias na academia, pra emagrecer bem legal também e depois de uns dois meses começar alguma coisa de musculação, não quero começar agora. Além disso, ver uma alimentação legal e que combine com os exercícios que farei todo dia, pra ver o peso baixando, mesmo que aos poucos, mas baixando. Por causa do remédio, esses dias comi muito mal. Não mal de muito, mal de mal mesmo, às vezes pouco, às vezes até sem vontade de cozinhar uma coisa legal.

Só sei que tem peso novo! Tô com 99,7! Menos 5 quilos em duas semanas e agora que fazendo exercícios o negócio vai turbinar! Tô agora atualizando o peso ali do ladinho toda quarta!

Daqui a pouco vou pra academia, com o pé doendo, coxa doendo, bunda doendo, dia chuvoso, mas vou!

Eu simplesmente NÃO acredito que eu tô conseguindo!

Obrigada por tudo e parabéns pra nós, tô emocionada! :~

terça-feira, 19 de junho de 2012

SIBUTRAMINA: NÃO!

Quem leu meu post anterior, viu que comecei a tomar sibutramina há 12 dias. Não sou novata com remédios, já tomei muitos. Os primeiros foram aos 14 anos, eram cápsulas e cápsulas, praticamente um coquetel, depois nos anos seguintes, tomei mais algumas vezes. Me ajudou a emagrecer 20kg aos 14, aí depois engordei muito mais do que já estava antes de tomar (novidade). E aos 17 tomei de novo e emagreci 10. Depois tentei tomar várias vezes, mas todos me fizeram mal.

Todo mundo sabe que remédio acaba nos fazendo recuperar o peso depois, mas existem histórias de fracassos e vitórias, então resolvi tentar de novo pra dar um pontapé inicial, porque eu tava no fundo do poço, quem chegou lá sabe o quanto é frio e escuro, né?

Ok, comecei a tomar. Eu não gosto de pílulas, eu vejo e já dá vontade de vomitar. MUITO trauma, muito nojo, mas lá fui eu. Nos primeiros 8 dias, sei lá, se foram quatro quilos, tô com 100, 5 kg, me sinto melhor, claro, agora estacionei, mas... PUTA QUE PARIU, amigas! Essa @#$#@ tá me fazendo um mal que vocês não fazem ideia! Já tive isso, mas achei que não ia ter. Saca arroto? Eructação pra ficar mais bonito? Não tá dando, gente. O dia inteiro, a noite inteira, são 01h13 da madrugada e eu não consigo dormir, se fosse nojo da comida, ok, mas não é isso, que mal estar horrível. Alguém já passou por isso ao tomar esses remédios? Não aguento mais. Não vou tomar amanhã, pra ver se eu consigo deitar e dormir. Se isso realmente estiver me fazendo mal, vendo a caixinha com 30 que tenho aqui fechada e deu, continuo comendo como estou comendo sem o remédio, porque, sinceramente: nada tem me ajudado, só atrapalhado.

Pronto!

sábado, 16 de junho de 2012

Tem alguém aí?

"Hello... Is there anybody in there?" (Pink Floyd) :))

Tô aqui, dois meses depois. Queria voltar quando eu estivesse, pelo menos, com 93, 95 novamente, porque sei que estando nessa faixa de peso, dificilmente voltaria pros 105, então, dificilmente desistiria de postar aqui.

Cheguei quase aos 106, gente. É quase impossível me imaginar nesse corpo, não sou eu. É inadmissível EU chegar nesse peso, se eu cheguei nele novamente, é porque as coisas não andavam bem mesmo, não vou culpar minha falta de força de vontade, porque não era só isso.

Me rendi a sibutramina, inibidor de apetite. Tomei uma vez, maaais de um ano atrás e não me adiantou de nada, agora tô tomando 15mg por dia há uma semana e meia e realmente diminuiu meu apetite, e acelerou minha saciedade, mas somado a minha força de vontade as coisas funcionam, porque se ela não existisse aí nenhum remédio adiantaria mesmo, porque ele diminui o apetite, mas a compulsão NÃO. Aliás, claro, controla a compulsão porque quando me sento pra comer não ando exagerando mais, mas conseguiria tranquilamente passar do ponto como, normalmente, ando passando há mais de um ano então força de vontade + sibutramina como aliada é o objetivo.

Quarta retrasada, dia 06 de junho, eu estava com 104 e alguma coisinha, hoje estou com 101, 3 kg e incrível como a perda de peso, inchaço e tudo mais reflete na minha autoestima. Sei que estou gorda ainda, quando caio na real de que AINDA estou quase 10 quilos a mais do que estava em 2010, fico triste, mas só vou conseguir chegar ao peso anterior, se eu esquecer essa tristeza e olhar pra frente, né? Olha, incrível como o rosto já não fica mais redondo, tudo diminui, é como se estivessem me esvaziando. Aqui funciona assim, emagreço muito rápido dentro e fora, isso é bom, esqueci o quão bom era isso!

Continuo comendo carne, sim, mas com menos freqüência. Se como, é porque sou acomodada e vivo com mais quatro pessoas na minha casa e todas elas comendo carne, então é mais fácil, porém ainda quero comer nadinha de carne. Sou assim, gente, não adianta, cada vez que coloco uma carne na boca, penso que tô comendo bicho morto, músculos, artérias, além disso, participando da morte de um bicho cheio de vida e alegria. Não incomodo ninguém com isso, não... são os meus pensamentos. E se eu penso isso tudo, é porque praticamente a coisa que me impede de não comer mais é a gula e a facilidade, né? Então não tá certo. Mas um dia eu chego lá :)

Ah, vejo vocês todos os dias, TODOS, só não comento porque eu tava mesmo sem palavras, sem forças, mas tô aqui de novo, caminhando e tentando não desistir nunca mais.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Início da (esperada) vida vegetariana

Resolvi tentar por questões filosóficas também, como comentaram ontem na minha postagem. Mais por consciência, amor pelos animais e, por último, o "nojo"... porque eu sei o que eu tô comendo, tenho consciência de onde vem e o que é feito até chegar no meu prato... e não é nada legal. Isso não me surgiu do nada, não. A minha vontade há MUITO tempo foi essa: parar de comer carne. De repente eu não vou resistir por aí, em algum restaurante, festa, posso até passar vergonha por pregar aqui coisas e depois fazer diferente, mas tô no início, em fase de transição, respeitando a minha vontade. Preciso ir em um nutricionista especializado porque  até os derivados de leite, ovos, já não estão mais me entrando... Curioso é que, quem me acompanha, sabe que tô há muito tempo sem forças e sem emagrecer, as coisas andam muito difíceis e NADA me fazia emagrecer e esse objetivo, essa minha vontade maior, estão fazendo com que eu me mantenha na linha depois de semanas comendo compulsivamente.
Continuo achando a Dukan eficiente pra quem quer emagrecer. O plano é ótimo, comparado a outros... mas eu realmente não estou conseguindo (e nem quero), comer carnes.

Mas meu objetivo não é mostrar pra vocês os vídeos que eu vi e as coisas que li, de deixar as pessoas com nojo (porque dá nojo, pena, e vocês sabem), meu objetivo é só dizer o que eu como aqui e mostrar como está sendo meu estilo de vida.

Além do Cantinho Vegetariano que tem artigos, receitas, vídeos, tudo que você possa imaginar sobre o vegetarianismo, no Vegetariano Come o Quê? há inúúúúmeeeeeeeeras receitas deliciosas!

Esse é um resumo BEM pequeno dos que os veganos comem! (Veganos são os que não consomem carne, ovos, leite e derivados, roupas com pele de animal, produtos testados em animais e etc)




E enfatizando o que disse na postagem anterior: eu preciso emagrecer e NÃO é por isso que gostaria de ter esse estilo de vida, por isso a minha preocupação, já que muitos abusam do carboidrato no início da vida vegetariana, mas já que quero emagrecer, vocês acham mesmo que vou abusar? Vou não! Aliás, pretendo não abusar.

Minha alimentação tá bem legal, mas já que tô postando à tarde, vai ficar incompleto, amanhã volto a postar!

Bjo!

domingo, 22 de abril de 2012

Vegetarianismo

Ser vegetariano é muito difícil, mas eu sempre quis ser. Antes de qualquer coisa, significa também largar a gula e compulsão que tenho. Se eu não tivesse nada disso, seria muito fácil.
Proteína desincha, emagrece mais rápido, mas eu quero muito encarar isso. Quem começa com a vida vegetariana, pode até engordar no início um pouco, porque acaba abusando dos carboidratos, mas depois tudo se ajeita, o importante é selecionar bem os alimentos, ler MUITO e, de preferência, ir a um nutricionista.


Daqui três dias irei ao show do Paul McCartney, aqui em Floripa, e aqui vai um vídeo muito legal (ele é vegetariano pra quem não sabe):

Paul McCartney: "Se os abatedouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos."



Não estou induzindo ninguém, muito menos julgando quem come, apenas acredito muito nisso. Assiste quem quer, só acredito que temos que conhecer a nossa comida. Se não conseguimos assistir a esses tipos de vídeos, é porque tem alguma coisa de errado. E se assistimos e não temos pena alguma e continuamos comendo, apesar de cruel, na minha opinião, ainda é muito mais coerente.
Um blog que gosto muito é o Cantinho Vegetariano Visitem, mesmo que não acreditem no vegetarianismo e nem queiram ser. É um blog extremamente completo. Tem receitas, dicas, TUDO que vocês podem imaginar. Fico hoooooooras e horas navegando ali!
 E amanhã começo a frequentar a academia!
 Boa semana para todos nós!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Voltei!

TPM brava e agora já tô naqueles dias que me deixam inchada e tudo mais, porém acho que o pior do humor e inchaço já passou. De início vou ser bem clara e objetiva tanto na dieta quanto nas postagens no blog pra ansiedade não dar sinais imensos. Gostaria de fazer a DUKAN corretamente, vou tentar ao máximo, mas já errei ontem com os pães e a banana. E hoje também com Ades Zero de Vitamina de Banana. Mas vou me adaptando, mas de qualquer forma, na maior parte do tempo, consumo apenas as proteínas. Quero dar a desinchada e gás inicial.

Ontem, 16/04:

Café da manhã: Uma fatia de peito de peru e uma xícara de café com um pouquinho de leite semi-desnatado com adoçante.

Almoço: omelete estranha de um ovo com frango (sem óleo) + Chá verde Feel Good
Lanche da tarde: iogurte natural desnatado com adoçante Molico. Amo mesmo esse iogurte.


Comi uma banana branca pequenininha uma hora depois. Final de tarde me juntei com pai e mãe e comi pão e pão de queijo também. Sempre erro nessa hora.

-

Hoje (17/04) de manhã comi uma omelete de um ovo, com temperinho, e um copinho de 125 ml de Ades Zero sabor Vitamina de Banana, aliás, recomendo muito :) super delicioso

Livro maravilhoso de contos. Alguns deveriam ser mais longos, dá vontade de saber muito mais...


Almocei um Rap10 light com ervilhas, uma colher cheia de atum ao natural, um pouquinho de maionese light e alface. Chá verde Feel Good bem gelado.

À tarde, um potinho de iogurte Molico desnatado com adoçante (65 kcal se não me engano), batido no liquidificador com 5 morangos, uma colher de sobremesa de linhaça com 4 uvas passas. GENTE, ficou geladão e uma delícia! Claro que por causa da morango virou um suquinho, mas ficou melhor que batido com leite, garanto!

Pequei no final da tarde de novo com aqueles pãezinhos :( mas vou tentar passar ilesa na próxima, tentando, tentando e nunca desistindo.



Beijo e obrigada pelas visitas e comentários mesmo eu estando ausente :~ vocês são especiais.

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Reerguendo

Estou numa fase muito difícil comigo mesma... entre outras coisas também. Claro que não vou desistir, muitas pessoas desistem do blog, desistem de lutar contra a obesidade e vivem "mais ou menos" e até "feliz" com a gordura, mas eu nunca esqueço dela. Mesmo tendo engordado isso tudo e vivido sempre acima do peso e lutando contra a obesidade, nunca desisti, isso é que é o "pior", sabem o porquê? Nunca acordei sem pensar no meu excesso de peso e na vontade que tenho de eliminar e ser completamente feliz, eu já não consigo mais sozinha, tento todos os dias, está frustrante demais.

Ainda não aderi à dieta Dukan, achei o livro muito interessante e o método também. Como já mencionei quando li e fiz um post breve sobre: mesmo que não se queira seguir a dieta, recomendo a leitura. Não sei se consigo seguir direitinho. Eu gosto de frutas e outras coisas saudáveis que a dieta retira até alcançar o peso. De repente fazer três dias por semana de proteína pura ou proteína + verdura seja melhor pra mim e, talvez, faça mais efeito por aqui. Penso nessa adaptação...

Aqui tá bem difícil, vou recorrer a uma nutricionista ou sei lá. Mandei um e-mail para o HU - UFSC perguntando se eles não têm algum programa com obesos, seria bem interessante ser um "experimento" para os profissionais da área + estagiário. Tô em um momento de compulsão difícil de explicar, tá tudo escuro, não tô vendo nenhuma luz, mas eu vou encontrá-la, SIM. E ver o blog de vocês sempre me traz uma esperança... :)

Comi chocolate na páscoa, não vou nem contar o exageros... mas olha o que ganhei do meu namorado:

A Mônica e o Sansão ganhei na outra páscoa. Dessa vez foi a Mônica rosa de coelhinho, a rosa lá atrás e uma barra de Milka.... Vish.

A gente sempre busca inspirações, né? Quem ainda não conhece a Petê, vale a pena conhecê-la... e todos os vídeos dela também. Ela emagreceu SÓ 76 quilos... é, ela emana muita luz.

Site da Petê
Canal do Youtube da Petê

Gente, cliquem, vejam os vídeos, tudo. Dá uma felicidade enorme.

Agradeço muito os comentários de todas que comentaram mesmo na minha ausência, vocês todas são muito especiais.

Um beijo enorme da Moni! :)

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Aniversário do meu baby!

Pra mim, hoje é o dia MAIS ESPECIAL DO ANO!  Hoje meu sobrinho-filho Victor Hugo faz 13 anos. Ele é meu sobrinho mesmo, mas é meu filho, minha irmã que me desculpe hahaha. Eu tenho as preocupações de mãe, os cuidados de mãe, ele mora comigo, amo incondicionalmente, tô com ele, pra ele, quanto ele quiser. Pode contar comigo pra tudo. Eu digo "não" pra ele, sim, porque é preciso, mas se for pra ajudar a ir atrás de alguma coisa, eu tô pronta sempre. Não tenho preguiça, nem medo.

Muita vezes não consigo me defender nem ir atrás das coisas que eu quero e sonho, mas pra ele eu tô sempre pronta, eu realmente não consigo entender. Eu não pari ele, nem fiquei 9 meses com ele na minha barriga, mas só quem tem esse sentimento forte maternal sabe do que eu tô falando. Como eu amo esse menino! Ele é MUITO inteligente, esperto demais, inteligente de novo, ama videogame, ama ler, ama música (suspira).

Eu e meu namorado demos um cd do X-Japan, uma banda do Japão que, por sinal, veio pela primeira vez ao Brasil ano passado e levamos ele ao show. O CD veio lá da pqp, porque não tem no Brasil. E.. o... mais... legal! Esse ano o Paul McCartney vem pra Florianópolis. A cidade tá em transe, já que nunca tivemos um show tão grandioso por aqui, compramos o ingresso e demos de presente também, vamos todos juntos, é dia 25 de abril. Ele não tá nem acreditando, sério mesmo, tá meio anestesiado huahaiuhuahua Mas chega de babar ovo. Muita saúde pro meu pequeno, eu desejo muito. Poxa... ele já tá com treze, caramba... E já tá com 1,60 também. Tô meio nostálgica...

Tá, mas algumas fotos aí, porque eu gosto é de fotos:

Ano passado na fila do show do X-Japan.
Ele com a camiseta do Beatles! Ó, só pra constar, aí eu tava com 93.
Mas QUEEE ternura!



Bom, tenho que voltar ao assunto principal do blog, né? A proposta inicial é emagrecer e ter saúde. Hoje vamos comer pizza, faz tempoooo que não como pizza, tô babado no teclado aqui. Gosto mesmo de comer, nham nham. Mas também gosto de vida saudável e o assunto em geral me agrada muito!

Vocês viram ontem o Medidinha Certa, no fantástico? Vou aplicar no Victor tudo e também a mim, é claro. Mas mesmo assim, não vou deixar de fazer a fase inicial de ataque da dieta Dukan, depois decido se continuo ou não.

Bjo, meus amores, vocês são tchucas! Já, já comento no blog de vocês. São poucas amigas, mas todas quiiiriiiidas, como dizem os manezinhos aqui :)

[Update] 10h46 - 03/04: desanimada, pra variar... Vontade de voltar só quando eu emagrecer alguma coisa. Tá chato.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Um dia na praia

Como eu AMO chegar aqui e ver comentários gigantescos como os meus comentários e como os meus posts também! Pode ter certeza que eu não vou abandonar nunca esse objetivo, muito menos vou abandonar o de vocês porque estamos juntas! =)

Como tô desempregada porque quis sair do meu trabalho onde trabalhei por quatro anos, sou uma pessoa que não tem um compromisso de 9 horas diárias como antes, porém, acordo cedo, limpo a casa, arrumo meu sobrinho pra ir pra escola, faço comida, ajudo minha mãe etc., mas mesmo assim ainda não tenho AQUELE compromisso diário, entendem? Poderia fazer um curso nesse tempo e coisas que me façam engrandecer, mas como tô num estado bem crítico, aqueles de fundo do poço, mais uma vez fica nos planos e pensamentos. Sair com amigos/colegas de vez em quando enquanto tenho tempo, seria uma boa também, mas AGORA, jamais. Como tenho mais colegas que amigos, com certeza me sinto mal de sair com COLEGAS do jeito que eu estou agora.

Mas tenho uma amiga que gosto muito, é formada em psicologia, ainda não exerce a função, mas é uma pessoa compreensível e gosta de conversar, então topei o convite e fui visitá-la. Ela mora num apartamento que se você bota o pé pra fora, dá 10 passos, tá na praia. Aqui pra morar na praia não precisa ser rico, não. Floripa tem 42 praias se não me engano, de vários tipos, tem as de elite, as dos surfistas, dos pescadores, enfim, e Campeche, que foi a praia que eu fui é dessas que boa parte é calmaria, sabem? Ela mora num cantinho simples, com muitas corujinhas e coisas místicas, aquele ar de praia, de lar singular, lindo. Também ouvimos muita música e andei na praia com esse camisão/camisola da foto que tá ali logo abaixo já que a praia é praticamente o quintal.

Na minha visita, muitas coisas loucas aconteceram. Falo de conversas e energias maravilhosas, descobertas, conhecimento, não tem como detalhar, mas foi um dia muito importante pra mim, já que minha obesidade não é o único problema que tenho, sou uma pessoa não muito normal de alma/espírito. Não digo "como fujo do padrão, gente, sou super excêntica uhulll" NÃO! Nunca disse isso, mas são coisas que talvez fuja da nossa compreensão e por isso deixo pra lá.

E olha o que ela fez no meu cabelo:



Que lindo, né! =)

Bom, gurias, é isso! Além desse blog estar me ajudando a pôr pra fora o que deixei em silêncio esse tempo todo, vai me ajudar muito a me expressar, como vocês já perceberam, escrevo muito, né... tanto em posts como em comentários. Isso não é bem "saber se expressar", pode até ser, já que acho que me expresso melhor escrevendo, mas não consigo organizar ideias na minha cabeça, tanto que eu penso em escrever sobre MUITOS assuntos, mas nem começo de tão difícil que é ser sucinta hahahaha Lembro até de um episódio na 3ª série do ensino fundamental, eu tinha 8 anos. A professora pediu pra gente fazer uma história em 25 linhas, eu preenchi um caderno de 96 folhas porque eu não consigui mais parar, nem achar um fim. Então imaginem! Lembro que eu não ganhei uma nota boa por isso não... acho. hahahahaha

Bjo e obrigada sempre!

Ah, hoje eu e meu namorado fazemos 2 anos e 3 meses. Meu recorde. É, eu tenho um namorado e nesse aspecto,  sou uma pessoa muito sortuda. Só quem conhece o filho e o amigo que ele é, sabe do que eu tô falando. Uma foto nossa pra embalar esse momento:

Bem românticos.





GENTE! SOBRE O "românticos" é ironia, né!


terça-feira, 27 de março de 2012

Eu tenho CEM quilos. Mais dois.

Engordei menos do que pensei que engordaria nessa última semana.
Estava com 101,6 semana passada e agora tô com 102,2. Me pesei em jejum, pela manhã, nas duas vezes, então não tem desculpa. Engordei 600 gramas, tô triste, mas quando a gente emagrece 600 gramas, fica meio triste também, né? Santa paciência, viu.
Meu peso oscila tanto, que início de fevereiro, eu tava com 102,5. Depois fiz uma dietinha e fui pra 97 e alguma coisa. Dia 17/03, estava com 103 e nessas últimas semanas diminuí pra 100, depois aumentei pra 101, 102. Isso me deixa confusa. E meio louquinha... :(


Quando eu tinha 17 anos, estava com 105. Foi quando, novamente, quase desisti de estudar. Sentia a tristeza, a grandeza de pesar aquilo tudo tão novinha... e as pessoas NUNCA imaginaram que eu teria esse peso, até hoje elas nem imaginam! Nem minha mãe sabia disso até eu ter coragem de contar a ela mês passado... ela achava que eu tinha 80 e poucos hahaha contei pra ela entender o porquê do meu sofrimento e luta. Também contei quanto que eu pesava com 17... ela também não sabia, só me via muito triste e com vontade de morrer. Foi assim que eu vivi a vida toda, em silêncio com o meu peso. Eu x Eu e mais ninguém. Acho que todas essas conversas e segredos comigo mesma pesaram um pouquinho, hein (ó a desculpa! :P)

Agora, vamos ao assunto do título:

Eu tenho CEM quilos. Vamos repetir: Eu... Tenho... Cem... Quilos... E... mais... dois...

CEM QUILOS? 25 sacos de açúcar, 25 sacos de arroz, 25 sacos de feijão, 25 sacos de farinha? E de quebra, mais duas caixinhas de leite. Caramba... surreal.


Mas os cem... ah, os cem. Depois de vários anos voltei a ele. Só que dessa vez sinto as consequências: Ano passado e esse ano, tive duas dores de coluna que não me deixavam respirar de tanta dor, tive que ir até o tão temido hospital. E os médicos sempre rápidos, sinceros, porém estúpidos: você precisa emagrecer. Ah é, Dr.? Brigadinha. Sim, porque PRA MIM, até quando tô com gripe, eles acham que é da gordura. E a falta de ar? Todos os dias, todas as noites, pra ser exata. Um pouco é da ansiedade medonha que tenho, mas com certeza, a obesidade faz com que isso esteja se tornando mais sério: garganta fecha e a passagem de ar parece que fica mais estreita. E os pulmões não se enchem. Nem bocejar você consegue com aquela vontade gostosa de botar o sono pra fora, parece que o ar não dá conta. Pela primeira vez na vida tô me preocupando bastante com a minha saúde, tá me dando medo.

Pra não perder o embalo de contar as coisas boas e os fracassos e, com isso, NÃO desistir do blog e do contato com todas as meninas que estão no mesmo barco, resolvi postar esse meu pensamento de hoje, mesmo que não signifique nada!

Em 2009 ficava entre o 92, 93, aí cheguei aos 95 e eu queria ir pra Argentina mais levinha, emagreci 6kg e fui pra 89. Claro que ainda estava gorda, mas eu não tinha noção de como o corpo muda com 6 quilinhos, engordei tudo rápido, sentindo nas roupas, e começando a ficar infeliz de novo. Tô vendo umas fotos minhas com 89, vejam:





Né? Tão pensando o mesmo que eu? Poxa, POXA, e eu acho que 89, 95, 100 é estar no mesmo patamar. Não é não. Mônica, você acha que engordando aos poucos você não ia chegar aos 100 e passando disso ainda? Estar com 90 e 100, é uma diferença externamente e internamente absurda. É bom mesmo eu ver essas fotos, muito bom...

Um post revoltado e triste, mas cheio de boa energia mesmo assim, porque desse ano não passa... e sabe pq? Porque eu não tô em silêncio, tô aqui demonstrando tudo, principalmente, confessando o meu peso, de repente ele fica envergonhado e foge pra sempre.

Obrigada sempre pelas visitas e pelos comentários!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Dieta Dukan

Opa! Cheguei no blog rolando :(
Amanhã vou me pesar mesmo com tudo que comi durante a semana, em especial nos últimos dias.
Quero agradecer aos comentários que estão mais frequentes e me deixam mais animada pra postar tantos as coisas boas como os fracassos também!
Hoje um beijo especial à Valquiria mencionou meu nome no último post dela e à Tê que comentou sobre o meu comentário (?) Deu pra entender, né? Um dia eu conto a curta história da piscina de bolinha. Bah. Foi triste, mas tá bom.

Ó, faz tempo que não saio de casa, esse final de semana mesmo foi mais um sem sair, sem aceitar convites, sem ver nenhum amigo... Tem uns que não vejo há anos por causa disso. Fui ao show do Nazareth mês passado e foi um milagre. Tinha emagrecido 5 kg e já bastou pra eu me sentir uma princesinha linda... pff! Engordei e já era. Não saio, fico extremamente mal. Tenho um histórico bem feio sobre isso. Parei um ano de estudar no ensino médio porque eu não conseguia mais me socializar com ninguém e fiquei em casa, sem sair pra nada. Quase parei de novo quando faltava um ano pra eu concluir, mas tomei remédio de novo e emagreci 10 quilos, fiquei melhor. Isso quase se repetiu por várias e várias vezes... Eu não quero mais que isso se repita. Como eu já disse, não quero ser magrela, eu quero estar bem. Tenho certeza que aos 90, 85, 80 eu estarei MUITO feliz, mas tenho medo que essa felicidade me engorde, então gostaria de me reeducar muito bem.

Sempre fui gordinha. Desde os 4 anos eu já era a brincadeira da escola, o playground. Isso foi até a adolescência. Mas com 14 anos tomei muitos remédios e emagreci 20 quilos e a partir do momento que eu emagreci, fui engordando aos poucos, chegando a 15 quilos a mais do peso antes de eu emagrecer. Fui de 89 pra 69 e depois pra 105 em menos de 3 anos. Como era uma menina que recém saiu da "infância", foi um tempo estranho, eu não sabia o que era dieta até então, eu recém tinha começado a sair com amigos. Se fosse agora, talvez eu tivesse dado um pouco mais de valor e aproveitado meu tempo de "magrinha". Parece que toda essa fase de emagrecimento rápida e errada, diga-se de passagem, não fez parte de mim, como se fosse de outro mundo. Depois disso já emagreci e engordei muitas vezes.

 De tanto fazer coisas certas, erradas, de tanto ler sobre dietas malucas e reeducação alimentar correta, aprendi muito, tanto que já pensei em fazer Nutrição. Muitas vezes digo pra mim mesma: "Não vou em uma nutricinista gastar dinheiro.  Eu mesma sei montar um cardápio legal pra emagrecer." E realmente sei, aliás, todas nós realmente sabemos, mas não seguimos. Quanto já lemos sobre o assunto? Quantas vezes já testamos as dietas em nós mesmas? Quantas vezes já vimos meninas conseguirem emagrecer com determinado cardápio? Quantas conversas já tivemos sobre isso com outras pessoas/blogueiras? De fato, se eu for em uma Nutricionista, ela vai falar milhaaaaaaaaares de coisas que eu já sei. Acho que vai até falar TUDO que eu já sei, não desmerecendo as Nutricionistas, é claro. Vai montar um cardápio quase que igual ao que faria pra mim. A diferença é que estaremos seguindo alguma coisa, e não estaremos livres, sem um cardápio estampado na nossa cara, ou colado na geladeira ou mural.

 Então...

Pensei em algumas alternativas: ou eu vou em uma nutricinista, porque TUDO que eu faço, já não tá mais fazendo efeito... Sabe uma dietinha proteica, somado a uns pãezinhos integrais às vezes, frutas, legumes? Então, já não faz mais efeito como fazia. Meu corpo já tá olhando pra essa dieta e rindo da minha cara. Ou eu imprimo uma cardápio legal e colo na testa pra eu seguir a risca, sem tirar nem pôr. Aí fui pensando, pensando... e resolvi comprar este livro:

Tinha a versão original em inglês. Era um livro mais grosso, porém o triplo do preço. Achei esse legal! Paguei 29,90 na Saraiva.



Já viram algumas meninas fazendo essa dieta, né?

A dieta do Dr. Pierre Dukan consiste basicamente em:

- Comer só proteína (carne, laticínios magros, ovo) em uma fase de 1 a 10 dias, dependendo de MUITA coisa pra que haja uma empolgação e um "ALÔ!" pro corpo.
- Depois passar a comer proteína + verduras, alternando, até chegar o peso ideal.
- E depois as últimas duas fases, voltando às nossas comidas "normais" e também necessárias, aos poucos, mas ali tá tudo explicadinho. Não é dessa forma feia que tô falando aqui, né... Aliás, todas as quatro fases têm nome.

Eu sou bem orgulhosa pra dieta restritiva... sempre acho que todo tipo de restrição é coisa de anoréxica desesperada pra perder peso. Já fui assim e hoje tô muito mais consciente. Talvez se eu falasse pra algumas pessoas sobre essa dieta, iriam me chamar de gordinha maluca, mas quem não conhece o livro e/ou a dieta, eu aconselho dar uma lida mesmo que NÃO queira fazê-la. É tudo MUITO interessante e DIDÁTICO, muito gostoso de ler, já tô quase acabando. É toda uma conversa de um médico que, aparentemente, te entende e não te propõe fazer coisas doentias. Parece realmente algo pra vida toda, um novo acordar pro corpo e pra mente do gordo.

Semana passada eu já tava pensando em fazer esta dieta vendo blogs de meninas que fazem, aí acessei o site oficial da Dukan Diet e depois o Site brasileiro da dieta, que ainda não tá terminado... aí respondi todas as perguntas, todas minunciosas, inclusive sobre nossa estrutura óssea (viu, eu tenho ossos largos! hahaha) e olha:

Clica que aumenta!

Interessante, né! :) Tenho que terminar o livro e tô pesquisando várias coisas sobre a dieta, mas quem não conhece, repito: MUITO legal, algumas coisas, como eu disse, eu já sabia, mas outras não! Alias, VÁRIAS não e por isso tô gostando muito de ler! Tenho que terminar as frutas e outras coisas que comprei que não fazem parte da fase inicial da dieta, não tô rica pra jogar isso fora e fazer as coisas em pensar, né... enquanto isso, vou lendo, estudando mais sobre ela e vendo se vou fazer mesmo, porque precisa ter MUITA força de vontade!

Aaaaaaaah, escrevi um monte de novo! Mas é isso!

Bjobjobjobjo

sexta-feira, 23 de março de 2012

Tô brava com o meu cérebro.


É bem assim que eu tô com o meu cérebro! Bem assim!

Tô sentindo que a dieta proteica que faço de forma bem espontânea já não funciona mais tanto assim. Já funcionou muito tempos atrás, mas parece que meu corpo já se acostumou com isso. Tipo: "hahaha, gordinha, não adianta ingerir só proteína que eu já entendi qual é a tua! Sou mau e não vou mais deixar você emagrecer muahahaha"

Mas fiz uma comprinha ontem:

- Creme de ricota light da Tirolez tava em promoção: R$2 e alguma coisinha. Essa birosca é boa, viu! Que droga, capaz de eu exagerar no pão! Muito boa! Comprei peito de peru e queijo branco também.

- Resolvi comprar pão, porque às vezes me dá a louca de comer um pãozinho e se não tiver um light e integral o que eu faço? Devoro os outros de farinha branca... Bem daquelas eu! Então, comprei o da Wickbold da linha "Estar Bem" de aveia e linhaça. DELÍCIA! Amo Wickbold, são mais firmes.


- Fiz um sopão com um filé de frango desfiado, brócolis, cenoura, cebola, tomate e repolho (ish!), pra ir tomando durante uns dias à noite ou quando me der na telha.

- Comprei um iogurte de coco light, menos de 70 calorias 200 ml. Eu sempre prefiro os que não tem gosto de nada, mas dessa vez escolhi esse.

- Comprei pêra e kiwi e mais algumas coisas que agora não lembro.

Às vezes enche o saco tirar fotos! Vou tirar às vezes!
Tô anotando tudo no caderninho... ultimamente anda sendo cansativo já que tô anotando VÁRIAS coisas... bem cara-de-pau, né.

Terça é dia da pesagem e acho que vou estar a mesma coisa... vou dar um gás nesse final de semana.

Volto no domingo ou segunda! Força aí pra vocês!

Adoro, adoro, adoro a força de vocês.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Aprendizado muito importante!

Depois de dois dias extremamente perfeitos, agora, às 18h30, comi um pão francês com uma fatia de peito de peru e margarina + três mini-bananinhas - aqueles pasteizinhos fritos recheados com banana e açúcar por fora - e de quebra, ainda mordi um pedacinho de um bolo de banana. Tudo isso sem pensar, mordendo, mastigando, engolindo, (in)consciente, compulsivamente, nem ao menos curtindo o momento da alimentação.

Por ter começado agora, fiquei muito triste. Não acho que tenha sido o fim do mundo, afinal, meu dia foi SUPER, curti muito, e meu grande defeito: tava me sentindo muito bem por estar comendo bem e isso é um periiiiiigo!

O que me deixa mal é, mais uma vez, traçar metas, planejar e não cumprir. Devemos emagrecer comendo de tudo? Mas é claro que sim! E é claro também que comer essas bananinhas fritas juntamente com o pão francês não podem fazer parte assim, gratuitamente, da alimentação de quem quer emagrecer! Isso não é óbvio?

Eu sei o que me incha e o que me engorda (e o que eu gosto!): carboidratos em excesso. Quando começo uma dieta, imediatamente me privo de vários. Mais uma vez: precisamos de carboidratos? Claro que sim. Mas EU me sinto bem sem, pelo menos no início. E eu consigo muito bem viver sem alguns!

No que eu errei hoje? 

- Ter comido pouco durante o dia e ter descontado tudo à noite?
- Não ter superado minha compulsividade e ansiedade patológica ainda?
- Em não ter contado até 10 e pensado BEM no meu objetivo? E que comer seria apenas uma alegria passageira e não uma real felicidade?

Errei nisso tudo e sei muito bem disso, porque mesmo novinha, no auge dos meus 22 anos e 2 meses, sou bem experiente nessa jornada do emagrecimento, viu... :(

Mas vamos à parte boa! Fiz um caderninho pra escrever tudo o que como. Certamente uma hora vou me cansar dele, assim como me cansei de TODOS os diariozinhos e agendinhas comuns que tive na minha adolescência. Achava um saco escrever todos os dias o que eu fazia, mas achava legal o registro, uma pena nunca ter tido saco. Aí vão as fotos de um caderno que fiz em 2010 quando eu tinha 10 quilos a menos e depois o de agora:

ô derroooooooooooota!


Às vezes acho uma loucura caderno pra emagrecer, blog pra emagrecer, fotos de corpo inteiro pra ficar triste e, enfim, dar um start e emagrecer. Mas como que a gente engordou tudo isso? Não nos conhecendo, não tendo uma imagem real do que somos, não tendo uma noção real do que comemos... Então nossa cabeça precisa se reeducar primeiro, ou seja, nossos olhos precisam mostrar pra ela o que tá acontecendo! Por isso toooda essas imagens. Não é assim que as crianças começam a ler e escrever? Então... reeducação, no nosso caso.

O que comi hoje:

- 4 bolachas salgadas + vitamina de leite desnatado com mamão e maçã
- 3 acerolas
- Peixe + alface + tomate + vagem + cenoura + chá branco Feel Good
- Uma maçã
- Duas fatias de peito de peru
- aquelascoisasquevocêsjáleramláemcimaequeengordam!

Comi pouco até. Comi, mas não me alimentei se é que me entendem...

Também fiz de manhã 45 minutos de exercícios. Aumentando aos poucos...


Bjo e obrigada pelas visitas! :**********

Ah! Gostaria de saber como faço pra incorporar o "Responder" abaixo dos comentários de vocês. É de um template específico? Gosto de responder diretamente! Obrigada de novo.